Home / Educação / Educação Física: guia completo da carreira e do curso

Educação Física: guia completo da carreira e do curso

O profissional da área de Educação Física estuda ferramentas de promoção da saúde, do bem-estar e da capacidade física, fazendo uso da prática de atividades físicas

download

O curso de Educação Física possibilita ao estudante atuar em diversas áreas relacionadas à saúde do corpo. O profissional desse ramo está em constante contato com seu objeto de estudo, ou seja, o corpo humano, por isso, é preciso que se tenha gosto e interesse por estudar os diversos aspectos do condicionamento físico.

Sendo assim, o interessado no curso de Educação Física precisa gostar de aprender e se desenvolver, que são características fundamentais para os profissionais desse ramo, independentemente da área ou atividade escolhida.

Além disso, é preciso gostar de atividades que envolvam o condicionamento físico, desde aquelas destinadas à prática recreativa, passando pelas de manutenção da saúde, até as de alto nível, isso porque é necessário que se determine quais as práticas necessárias a cada pessoa, para se alcançar o objetivo desejado.

Possuir a capacidade de se relacionar bem com pessoas também é essencial, pois diversas atividades dessa área lidarão diretamente com as pessoas, bem como concentração, organização e disciplina.

É de suma importância que o profissional de Educação Física busque sempre se atualizar. Avanços nas áreas da saúde e nutrição refletem diretamente no trabalho deste profissional, podendo redirecionar seus métodos de trabalho. Por isso, é mais que necessário sempre estar a par dessas possíveis alterações, e manter-se nos estudos é fundamental!

Sobre o curso de Educação Física

educacao_fisica

A graduação em Educação Física é oferecida nas habilitações de licenciatura e bacharelado, sendo que geralmente dura quatro anos. A opção por uma titulação ou outra é feita geralmente, após o ciclo básico.

Durante a faculdade o aluno aprende sobre diversos aspectos das Ciências Biomédicas. Sendo assim, anatomia, fisiologia e ortopedia ocupam boa parte da carga horária. Entre as matérias teóricas estão noções de estatística, administração e economia. Na habilitação de licenciatura o aluno ainda aprende disciplinas ligadas ao meio pedagógico, como psicologia da educação e práticas pedagógicas.

Ao final da graduação o aluno deverá realizar um estágio obrigatório, geralmente realizado em escolas do setor público ou privado e academias, trabalhos extracurriculares, voltados ao curso e uma monografia.

Também é necessário, para o exercício da profissão que o profissional obtenha um registro junto ao Conselho Regional de Educação Física (CREF).

Observação: algumas instituições possuem ênfase em áreas específicas, como esporte escolar (UnifacvesteSC) ou saúde (USP Leste).

Mercado de Trabalho

Essa área, não se limita apenas a trabalhar no meio acadêmico, ou seja, ser professor em escolas da rede pública ou privada. O profissional desse ramo pode exercer diversas atividades que necessitam do uso do conhecimento de Educação Física, dentre as seguintes opções:

  • Condicionamento físico – auxiliando na elaboração de planos e na prática de exercícios físicos, em caráter individual como personal trainer em clubes, academias de ginástica ou mesmo empresas.
  • Grupos Especiais – instruindo e acompanhando pessoas idosas, gestantes, adultos e crianças com deficiência, cardíacos e doentes em atividades físicas que beneficiem a recuperação e manutenção da saúde.
  • Performance – orientando, profissionalmente, em caráter individual ou coletivo, atletas para treinamento e, posterior, competição em modalidade esportivas diversas.
  • Recreação – trabalhando no entretenimento de hóspedes, associados e turistas em hotéis, spas, clubes, condomínios, navios e ambientes semelhantes.
  • Recuperação Pós-cirúrgica – Trabalhando, por vezes, em conjunto com outros profissionais, como médicos e fisioterapeutas, na recuperação de pacientes após cirurgias, na realização de exercícios para a recuperação e manutenção dos resultados obtidos.
  • Turismo Ecológico – coordenando grupos em atividades ao ar livre, como, por exemplo, montanhismo, trilhas ou exploração de cavernas.
  • Ensino – ministrando aulas na Educação Infantil e nos ensinos Fundamental e Médio, em escolas das redes pública ou privada, bem como instituições de nível superior.
  • Pesquisa – em universidades ou centros de pesquisa da saúde do corpo.

Principais opções de trabalho

As principais áreas de trabalho para o profissional de Educação Física estão espalhadas nas atividades citadas acima, contudo, algumas profissões de destacam uma das outras devido as suas particularidades e benefícios.

Três dos trabalhos mais procurados em Educação Física, são:

Ensino

O profissional de Educação Física que opta pela carreira acadêmica, tem a possibilidade de ter um alto índice de empregabilidade. Isso porque, por lei, todas as escolas, públicas ou privadas, de ensino fundamental e médio, devem constar, em suas grades, a matéria de Educação Física.

Este deve, obrigatoriamente, ter a habilitação em licenciatura. Mesmo não sendo uma profissão com alto retorno financeiro, se formos calcular toda a responsabilidade que ser professor exige e o pouco status social que essa profissão possui, trabalhar com o ensino atrai muitas pessoas. As maiores vantagens são folgas garantidas aos finais de semana, os feriados e pontos facultativos, férias, recessos escolares e a satisfação pessoal devido a importância que esse trabalho possui.

Condicionamento Físico

Optando pela carreira na área do condicionamento físico, o profissional tem a possibilidade de ter um índice de empregabilidade, relativamente alto, tendo-se em vista a crescente procura por academias, spas e clubes, etc.

Por essa atividade estar sujeita a sazonalidade, o profissional de Educação Física que opta por essa carreira pode não gozar de estabilidade tão grande quanto em outras áreas. Porém, o trabalho na carreira do condicionamento físico apresenta altos índices de retorno financeiro e certo prestígio social.

Além de trabalhar para uma academia ou clube, existe a possibilidade de se exercer a função sem vínculo com empresas, trabalhando como freelancer, (como personal trainer). No entanto as atribuições e responsabilidades são as mesmas.

Recreação

O profissional de Educação Física que opta pela carreira de na área da recreação, poderá ter um alto índice de empregabilidade, tendo em vista a crescente demanda por esses profissionais, sobretudo nos setores vinculados ao turismo, precisamente na região Nordeste do Brasil.

Esse setor apresenta um nível de estabilidade relativamente menor que os outros, porém um alto retorno financeiro, por se tratar de um serviço especializado, e também um alto índice e satisfação pessoal.

+ Confira opções de Bolsas de Estudo para Educação Física

Onde um profissional de Educação Física pode atuar?

O profissional de Educação Física pode atuar nos seguintes lugares:

  • Escolas de Ensino Fundamental e Médio da rede pública
  • Escolas da rede privada
  • Academias de ginástica
  • Clubes
  • Spas
  • Hotéis
  • Navios
  • Centros de recuperação de trauma
  • Parques ecológicos
  • Acampamentos
  • Clínicas
  • Hospitais
  • Secretarias de esporte
  • Condomínios
  • Junto a equipes ou atletas profissionais
  • Instituições que atendem públicos específicos como idosos, gestantes ou crianças
  • Universidades
  • Centros de pesquisa

Média Salarial

Hoje, o piso salarial do profissional de educação física pode variar de acordo com a função exercida e o porte da empresa ou instituição onde se exerce a função, não ficando abaixo de R$ 1.047. O ganho médio inicial fica, geralmente, por volta dos R$ 1,5 mil.

Ganho escalão intermediário para diversas atividades dessa área (média mensal) é de R$ 2,5 mil, podendo chegar a R$ 5 mil. Ganho no auge (média mensal) é acima de R$ 5 mil a R$ 8 mil. O auge da carreira da maioria dessas atividades é de seis a dez anos, em média.

Onde encontrar o curso de Educação Física?

O curso de Educação Física é facilmente encontrado em universidades públicas e particulares. Contudo, separamos uma lista com as principais faculdades do Brasil que disponibilizam esse tipo de curso. Confira:

AC:
– Rio Branco – Faculdade Meta

AL:
– Arapiraca – Fera

AM:
– Manaus – Uninassau; UEA

AP:
– Macapá – Faculdade de Macapá

BA:
– Guanambi – Faculdade Guanambi

CE:
– Fortaleza – Faculdade Ateneu; FGF; Faculdade Ateneu; Faece

DF:
– Brasília – Faciplac; Faculdade Brasília

ES:
– Serra – Multivix

– Vila Velha – UVV

GO:
– São Luís de Montes Belos – Faculdade Montes Belos
– Nhumas – Faculdade de Nhumas

MA:
– São Luís – Faculdade Santa Fé; Uninassau; Pitágoras

MG:
– Belo Horizonte – Facemg; Pitágoras
– Divinópolis – UMG
– Passos – UMG

– Mato Verde – Faculdades Favenorte

MS:
– Dourados – Unigram

MT:
– São José dos Quatro Marcos – FQM

– Cuiabá –

– Cáceres – Faculdade do Pantanal

PA:
– Santarém – Ceuls/Ulbra

PB:
– Campina Grande – Facisa
– Cajazeiras – Fasp

– João Pessoa – FPB

PE:
– Recife – IPGM IBS

– Caruaru – Uninassau; DeVry Unifavip

PI:

– Parnaíba – Faculdade Síntese

PR:
– Ivaiporã – UEM

– Jacarezinho – Uenp

RJ:
– Rio de Janeiro – Faba; Estácio de Sá
– Araruama – Fac-Unilagos

– Campos dos Goytacazes – IFFluminense

RN:
– Natal – Fanec

RO:
– Ariquemes – Fiar

RR:
– Boa Vista – UERR

RS:
– Passo Fundo – Faculdades Ideau; Fasurgs

SC:
– Blumenau – Uniasselvi
– Lajes – Facvest

– São Miguel do Oeste – Hórus Faculdades

SE:
– Aracaju – Faculdade Serigy; Uninassau

SP:
– São Paulo – Faculdades Integradas Paulista; Faculdade das Américas; Anhanguera; Uninove
– Tupã – Faculdades Faccat
– Lorena – Salesiano
– Peruíbe – Faculdade Peruíbe

TO:
– Palmas – IFTO

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos marcados são obrigatórios *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>