Home / Política / Ministério Público de Rondônia investiga vereador por falsificação de notas fiscais

Ministério Público de Rondônia investiga vereador por falsificação de notas fiscais

– O vereador José Rabelo da Silva, o popular Jacaré, eleito em seu primeiro mandato pela população da região da Ponta do Abunã, está sendo alvo de uma investigação da Polícia Civil pela prática de improbidade administrativa, através de crimes que vão do peculato (desvio e apropriação de recursos públicos) a falsidade ideológica, falsificação de documentos e falsificação de notas ficais, no exercício do mandato. 

A instauração do inquérito policial foi requisitada pela 7ª Promotoria de Justiça, Defesa da Probidade Administrativa e do Patrimônio Público, endereçado à Direção Geral de Polícia Civil, em maio desse ano, com base no Feito Extrajudicial 2019001010011456, que concluiu haver indícios de prática criminosa através do uso indevido de dinheiro público. 

As investigações apontaram para um suposto esquema de desvio de combustíveis destinados a maquinário do Distrito de Vista Alegre (base eleitoral do vereador) e emissão de notas fiscais falsas para utilização na prestação de Contas à Câmara Municipal de Porto Velho em conluio com um posto de combustível e uma empresa de manutenção de veículos. 

Segundo o promotor Geraldo Henrique Ramos Guimarães, da 7ª Promotoria de Justiça, a Câmara Municipal de Porto Velho já enviou as notas ficais e a documentação necessária para a Polícia Técnico-Científica para serem periciadas, dando um prazo de 90 dias para a conclusão dos laudos.

A comprovação da fraude e a condenação do acusado poderá levar à cassação do vereador.

Facebook Comments