Home / Policial / Ouro Preto: Vigilante do DER é preso em flagrante sob suspeita de furto de combustível

Ouro Preto: Vigilante do DER é preso em flagrante sob suspeita de furto de combustível

Uma guarnição da Polícia Militar prendeu em flagrante um vigilante da residência do Departamento de Estradas de Rodagens de Rondônia (DER-RO) na Estância Turística de Ouro Preto do Oeste por suspeita de furto de combustível. A prisão ocorreu no início da madrugada da última quarta-feira (19), por volta de 0h10, no pátio do próprio órgão estadual.

De acordo com o que consta no boletim policial, os motoristas de caminhões daquele órgão teriam informado ao diretor que estava sumindo combustível dos tanques dos veículos. E diante dos fatos, no dia 17 de junho foi registrada uma ocorrência policial em que foi narrado o ocorrido.

Dois dias depois, no início da madrugada de quarta-feira (19), por volta de 0h10, uma guarnição policial foi solicitada a comparecer ao DER–RO, localizado na rua Burarreiro, no Setor Industrial. Ao chegarem, depararam-se com o vigilante que estava de plantão.

Foi solicitado que o portão fosse aberto para que fosse realizada uma averiguação. Quando os policiais adentraram o pátio, depararam-se com um veículo Fiat Strada que não faz parte da frota do DER–RO.

Ao realizaram uma revista no veículo, foram encontrados nove galões de plástico em sua carroceria, sendo que três deles estavam cheios de combustível (óleo diesel), contendo 20 litros cada um. Segundo a polícia, o vigilante, de 31 anos, confirmou que estava subtraindo o combustível.

Os policiais leram os direitos do suspeito e, na sequência, deram voz de prisão ao mesmo, que foi conduzido à Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) juntamente com o veículo e os galões de combustível. Em seguida, o vigilante foi levado à Casa de Detenção, sendo liberado no mesmo dia.

De acordo com o responsável pelo DER – RO em Ouro Preto do Oeste, o suspeito foi afastado do cargo e o suposto crime será apurado tanto pela Polícia Civil quanto por meio de um procedimento interno.

Autor: Gazeta Central 

Facebook Comments

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos marcados são obrigatórios *

*