Home / Política / Contribuinte rondoniense banca R$ 2 milhões e 700 mil de pensão por ano a oito ex-governadores, viúvas e filhos

Contribuinte rondoniense banca R$ 2 milhões e 700 mil de pensão por ano a oito ex-governadores, viúvas e filhos

Porto Velho, RO – Enquanto o trabalhador brasileiro tem de contribuir por quase quarenta anos para ao final da vida receber uma aposentadoria de, em média, 1600 reais, há nesse mesmo Brasil uma casta que trabalha pouco, se aposenta cedo e ganha muito, mas muito além do teto estipulado para o mortal trabalhador da iniciativa privada.

Entre estes grupos privilegiados estão os servidores públicos, com suas estabilidade, aposentadoria integral e a paridade de salários com os que ficam na ativa.

Porto Velho, RO – Enquanto o trabalhador brasileiro tem de contribuir por quase quarenta anos para ao final da vida receber uma aposentadoria de, em média, 1600 reais, há nesse mesmo Brasil uma casta que trabalha pouco, se aposenta cedo e ganha muito, mas muito além do teto estipulado para o mortal trabalhador da iniciativa privada.

Entre estes grupos privilegiados estão os servidores públicos, com suas estabilidade, aposentadoria integral e a paridade de salários com os que ficam na ativa.

Porto Velho, RO – Enquanto o trabalhador brasileiro tem de contribuir por quase quarenta anos para ao final da vida receber uma aposentadoria de, em média, 1600 reais, há nesse mesmo Brasil uma casta que trabalha pouco, se aposenta cedo e ganha muito, mas muito além do teto estipulado para o mortal trabalhador da iniciativa privada.

Entre estes grupos privilegiados estão os servidores públicos, com suas estabilidade, aposentadoria integral e a paridade de salários com os que ficam na ativa.

Facebook Comments

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos marcados são obrigatórios *

*