Home / Politica / Energia continua cara diz Acir Gurgacz

Energia continua cara diz Acir Gurgacz

 

Depois discussão encerrou-se a novela da Aneel para decidir aquilo de que nós já vínhamos tratando desde o início do ano, não só através do nosso trabalho, mas junto com dos demais senadores e dos oito deputados federais de Rondônia, do Governador do Estado e da população de Rondônia, que fez várias manifestações com relação ao aumento de energia elétrica, que foi abusivo no Estado de Rondônia – de 25 a 27% de uma vez só.
Então, nós fizemos um trabalho grande junto à Aneel, mas todo mundo: toda a população de Rondônia, toda a bancada federal. E chegou-se à conclusão de que vão ser reduzidos 7,46% de abril. Esta redução está muito aquém daquilo que nós queríamos, pois um aumento de 27% de uma vez só eu entendo que foi muito grande.
Entendo que isso é resultado das privatizações. Quando foi feita a privatização da Ceron foi autorizado um aumento de até 32%. Isso ninguém sabia. Estava ali nas entrelinhas daquele processo de privatização. A companhia que ganhou deu um aumento de 27% e ainda achando que estava fazendo algo de positivo, pois foram 5% a menos do que foi autorizado.
A redução de 7,46% é pouco, mas já e alguma coisa. Por isso, nós vamos continuar o nosso trabalho, buscando uma redução maior e exigindo que não haja mais um aumento, nem que seja ao final deste ano, porque estaria programado, ao final de 2019, da tarifa de energia elétrica. Nós vamos trabalhar para que não haja esse aumento de energia.
Portanto, fica aqui esse comunicado e o nosso compromisso com a população de Rondônia de continuar essa luta.

Facebook Comments

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos marcados são obrigatórios *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>