Home / Politica / Comissão de Agropecuária e Política Rural debate orçamento para 2019

Comissão de Agropecuária e Política Rural debate orçamento para 2019

Segundo parlamentares, mais uma vez o setor produtivo, que movimenta a economia, é negligenciado

O deputado Lazinho da Fetagro (PT), presidente da Comissão de Agropecuária e Política Rural (CAPR), durante a reunião ordinária na manhã desta quarta-feira (5) debateu com os demais membros, mais uma vez, o orçamento do Estado para o setor produtivo.

Segundo o parlamentar está destinado no orçamento 2019 para a Secretaria de Agricultura, o setor mais importante para arrecadação do Estado, cerca de R$ 106 milhões. Destes, somente R$ 3.650 milhões para investimento. “E dos investimentos a Rondônia Rural Show (RRS) vai consumir R$ 2 milhões, não sobrando nada para os demais investimentos”, enfatizou o parlamentar.

Lazinho salientou que R$ 82 milhões do orçamento da pasta “é uma proposição de emenda parlamentar da bancada federal para o ano que vem. Se não houver, não tem nada. E é só para maquinário”.

O parlamentar lembrou que em 2017 a Comissão trabalhou junto ao governo com a ideia de utilizar 10% dos fundos do setor produtivo para investimento. ”É um dinheiro que está parado e que deveria servir para incentivar a produção”, disse Lazinho.

O deputado Adelino Follador (DEM) disse que é preciso rever a questão da RRS e que há necessidade de prever recurso para compra das balanças para os frigoríficos. “Se o Estado adquirir, a Faperom se encarrega de instalar o que garante segurança aos produtores, pois o peso é disponibilizado online”.

Follador também salientou possível crise na bacia leiteira, pois laticínios estão ameaçando baixar o preço em R$ 0,20. Estão querendo montar um cartel.

Lazinho propôs chamar a Sepog e Seagri para debater orçamento da agricultura “ainda hoje, pois precisamos a partir desta conversa propor alterações e encaminhar ao relator Cleiton Roque (PSB) para votar orçamento na próxima semana. É preciso agilidade”, concluiu Lazinho.

Os deputados Adelino Follador e Ribamar Araújo (PR) foram favoráveis e aguardam manifestações dos representantes do Executivo.

Facebook Comments

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos marcados são obrigatórios *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>