Home / Geral / PRF e DNIT divulgam rotas alternativas após interdição de ponte na BR-364; confira no mapa

PRF e DNIT divulgam rotas alternativas após interdição de ponte na BR-364; confira no mapa

Os motoristas que utilizam o trecho que passa pela ponte sobre o Rio Riozinho, localizada no km 226, e liga os municípios Cacoal e Pimenta Bueno, na BR-364, contam com algumas alternativas de rotas, conforme informado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Confira no mapa.

O local foi interditado pelo Departamento Nacional de Infraestruturas de Transporte (DNIT) na última quarta-feira (14) por causa de problemas na estrutura que se arrastam há algum tempo identificados pelo órgão como “recalque em um dos seus pilares”.17-11-2018-09-55-47 (1)

Segundo a PRF, são três rotas possíveis. Além disso, os condutores devem percorrer, em média, cerca de 40 quilômetros a mais por causa da interdição.

Para quem sair de Porto Velho por exemplo, quer e chegar em Cacoal, a orientação é que entre em uma estrada no sentido Rolim de Moura. Depois, chegará ao distrito de Nova Estrela e, depois, retornar a BR-364 por meio de Pimenta Bueno.

Outro desvio pela estrada que passa por Espigão d’Oeste (em rosa no mapa) tem 49,9 km de percurso; e o desvio na estrada que sai de Cacoal e passa por Nova Estrela (em roxo no mapa) tem 78,9 km de extensão.

Ao informar a interdição da Ponte, o DNIT também sugeriu no comunicado, a seguinte rota alternativa: Pimenta Bueno – entroncamento da RO-010 (p/Nova Estrela de Rondônia) na altura do km 196,9 – entroncamento da RO-383 – Cacoal, na altura do km 239,1 da BR-364. Saindo de Porto Velho, basta seguir o percurso inverso.

Conforme o DNIT, as obras estão previstas para começar no próximo mês. A previsão é de que a reforma dure 90 dias.

 

Facebook Comments

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos marcados são obrigatórios *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>