Home / Polícial / Sargento da PM e dois sem terra morrem em tiroteio no interior de Rondônia

Sargento da PM e dois sem terra morrem em tiroteio no interior de Rondônia

Nova Mamoré, Rondônia – O sargento João  Batista da Costa Filho (44 anos), da Polícia Militar de Rondônia, e mais  dois homens  foram mortos na noite desta quarta-feira durante tiroteio entre policiais e supostos  invasores de terra na linha 28, em Nova Dimensão, distrito do município de Nova Mamoré, a 281 Km da capital.
A polícia diz ter sido alvo de tiros por um grupo de sem terra, supostos invasores de uma área rural em conflito naquela localidade.
J. Batista, alvejado com um tiro na virilha, foi socorrido mas não resistiu ao ferimento e morreu no hospital.
Segundo a polícia, os supostos invasores estariam queimando  pastos de fazendas da região. Ainda de acordo com a versão policial, os primeiros disparos partiram dos sem terra.
J. batista levou um tiro de chumbeira na virilha e dois supostos  sem terra também morreram no conflito. Há informações de que outros homens acusados de invasão também foram baleados e correram para a floresta.

Segundo a versão da Polícia Militar, a equipe do Patrulhamento Tático Móvel (Patamo), composta por dez policiais em três viaturas, foi  até o Sítio Beira Rio, na Linha 29-A, Km 42, onde algumas pessoas teriam invadido a propriedade e ateado fogo em uma casa de madeira e no pasto, além de matar alguns animais.

A polícia informou que, no local, os policiais viram cerca de oito homens, que a princípio não estavam armados, mas no momento em que foi dada ordem para que eles levantassem as mãos, os supostos invasores  teria se escondido atrás de uma árvore caída e começaram a atirar contra os policiais.

Policiais chegaram a falar em quatro mortes do lado dos supostos sem terra, mas a informação não foi confirmada.
J. Batista era membro da Associação Folclórica e Cultural do Boi-Bumbá Malhadinho, que divulgou nota lamentando a morte do policial:
“É com todo pesar que vimos trazer a triste notícia do falecimento de nosso querido amigo, artesão e sócio, João Batista, ele parte deixando-nos muitas lições de amor, amizade, profissionalismo, ética e humanidade”, diz a nota.
O corpo do policial será velado no Batalhão da Polícia Militar em Guajará Mirim (RO).
Matéria atualizada às 8h35 desta quinta-feira, 26/07/2018 para correção de informações sobre o número de mortos
Facebook Comments

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos marcados são obrigatórios *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>