Bancários e trabalhadores dos Correios são incluídos na vacinação contra a Covid-19



Mais duas categorias foram incluídas nos grupos prioritários da vacinação contra a Covid-19: são os bancários e os trabalhadores dos Correios. A boa notícia foi dada pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, nesta terça-feira (6), com o destaque sobre a importância dos serviços prestados por esses trabalhadores durante a pandemia.

“Essas categorias apresentaram um relatório pormenorizado, descrevendo os aspectos epidemiológicos de cada uma delas. Eu submeti ao Programa Nacional de Imunizações (PNI), ao Conass e Conasems. Hoje nós tivemos uma posição definitiva para que os servidores dos bancos e dos Correios e Telégrafos fossem incluídos no roll de prioridades”, disse Queiroga.

Até o fim desta semana, o Ministério da Saúde irá divulgar uma nota técnica trazendo todos os detalhes sobre a imunização dos novos grupos. A partir daí, a pasta já começa a enviar doses de vacinas Covid-19 para estados e DF vacinarem essas categorias.

Os presidentes da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, do Banco do Brasil, Fausto de Andrade Ribeiro, e dos Correios, Floriano Peixoto Vieira Neto, também acompanharam o anúncio do ministro. “Estivemos à frente dos atendimentos junto da população brasileira durante toda a pandemia. É uma vitória de todos os bancários”, disse Fausto.

Já Pedro Guimarães destacou a importância da Caixa para o pagamento do Auxílio Emergencial e de outros programas do Governo Federal. “A Caixa representa um grande instrumento de política social do governo brasileiro. Fico muito feliz e quero agradecer ao presidente Jair Bolsonaro e o ministro Queiroga por esse momento”, destacou.

“É uma data extremamente importante para a empresa. Essa vacinação contempla uma categoria que não parou em nenhum dia desde o início da pandemia para que a sociedade continuasse sendo atendida”, afirmou Floriano Peixoto.

Queiroga também se reuniu com o presidente da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), Isaac Sidney Menezes Ferreira, para tratar sobre o tema, e com representantes de sindicatos das duas categorias, que se emocionaram e comemoraram o anúncio da inclusão dos trabalhadores nas prioridades da vacinação contra a Covid-19.

“Isso traz um alívio para que a gente possa continuar atendendo a população mesmo durante a pandemia. A imunização reduz o risco de transmissão entre os nossos familiares e clientes. Então, queria agradecer a sensibilidade do ministro com a nossa categoria que presta um serviço essencial”, afirmou Amanda Corcino, uma das representantes dos trabalhadores dos Correios e Telégrafos.

“Fiquei emocionado. É uma notícia que mexe com o coração. Estou muito feliz. Com diálogo, conseguimos vencer todas as barreiras”, comemorou o bancário Ronaldo Lustosa.

Atualmente, o Plano Nacional de Operacionalização (PNO) possui 28 grupos na fila de prioridade da vacinação contra a Covid-19. Desses, o Ministério da Saúde já distribuiu doses de vacinas para imunização de 27 categorias.

Postar um comentário

0 Comentários