Prefeitura vai seguir orientação do MP e reservar para Educação vacina de dose única



Prefeitura de Porto Velho informou ao RONDONIAGORA, na manhã desta quarta-feira (16), que vai atender a nota técnica enviada pelo Gabinete de Articulação para Enfrentamento da Pandemia na Educação Pública em Rondônia (GAEPE-RO), priorizando os trabalhadores da educação para vacinação contra a Covid-19, com a vacina Janssen, desenvolvida pelo braço farmacêutico da Johnson & Johnson.

De acordo com a Semusa, a secretaria está acertando os detalhes a respeito desta vacina, mas ainda não há confirmação de quando as doses chegarão a Rondônia, o que gera uma indefinição a respeito do cronograma.

Os profissionais da educação de creche e pré-escola seguem sendo atendidos na Uniron atualmente com doses da AstraZeneca, e caso as doses da vacina Janssen cheguem na capital, o público será priorizado, segundo a Semusa.

O documento considera especialmente o acordo que o Ministério da Saúde firmou para receber 3 milhões de doses da vacina Janssen, notando-se que esta vacina possui grande potencial para acelerar o processo de imunização, já que produz anticorpos em 14 dias após uma única dose.

A medida tem o intuito de impulsionar a retomada das atividades educacionais presenciais em um menor espaço de tempo, incluindo a vacinação deste grupo já classificado como prioritário pelo Plano Nacional de Imunização.

No caso de o número de doses disponíveis para Rondônia ser inferior à totalidade de profissionais que pertencem a esse grupo, deverá ser seguido cronograma de vacinação, tendo em vista os trabalhadores envolvidos com a educação dos mais jovens, conforme ordem de vacinação: trabalhadores da educação de creches, de pré-escolas, do ensino fundamental, do ensino médio, profissionalizantes e da educação de jovens e adultos e na sequência, trabalhadores da educação do ensino superior.

E no caso de haver limitação operacional diante do prazo de expiração da vacina Janssen, para diminuir o risco de perda destes insumos, deverão ser priorizados os trabalhadores da educação que habitam em localidades com maior facilidade de acesso.A nota ressalta ainda que o direcionamento de todas as doses adicionais da vacina Janssen que serão recebidas pelo Estado de Rondônia e por seus municípios não afetará a vacinação em andamento dos demais segmentos que estão sendo priorizados pelo Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, com outras opções de vacinas disponíveis.

Postar um comentário

0 Comentários