Omar Aziz xinga mãe do senador governista, Marcos Rogério na CPI da Covid



O presidente da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), xingou a mãe do senador Marcos Rogério (DEM-RO) depois de o governista questionar sua forma de conduzir a sessão desta 5ª feira (27.mai.2021), marcada pelo depoimento do diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas.

A discussão começou quando Rogério disse ao presidente do colegiado para conter sua “sanha” contra o governo federal. Aziz pediu respeito, afastou o microfone e falou: “Sanha é sua mãe”. Assista ao vídeo.

Na origem da altercação está a interpretação dos senadores sobre um trecho do documentário “A corrida das vacinas”, do Globoplay, exibido a pedido do rondoniense durante o tempo reservado para suas perguntas a Dimas Covas. O trecho reproduz um áudio vazado de uma reunião do diretor do Butantan com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), em novembro de 2020.

Na gravação, o tucano cobra que Dimas Covas pressione uma pessoa a quem se refere como “chinês” para a obtenção de vacinas contra o novo coronavírus. Doria sustenta que estaria, à época, perdendo capital político pela exposição pública a que se submetia e diz que exibir um exemplar da Coronavac em solo brasileiro causaria um impacto institucional “irresistível”.

Após a veiculação das imagens, Rogério perguntou ao diretor do Butantan se a “grosseria” do governador paulista com um suposto intermediário não poderia ter efeitos diplomáticos negativos na importação de insumos farmacêuticos da China.

Tal análise era uma tentativa de contrapor as falas do relator da CPI, Renan Calheiros, do próprio Dimas Covas e de outros membros da comissão às declarações públicas do presidente Jair Bolsonaro sobre a compra da Coronavac, chamada por ele de “vacina chinesa”.

Foi neste momento que Aziz interveio, argumentando que não se tratava de grosseria, mas sim da “indignação” de um gestor que tinha urgência para obter vacinas, e acabou ouvindo o pedido de Rogério que deu início ao episódio.

Poder 360

Postar um comentário

0 Comentários