Jair Bolsonaro pode não ir a Porto Velho para inaugurar a ponte do Abunã



O presidente Jair Bolsonaro: adiamento de decisão sobre novo programa social. Foto: Pablo Jacob / Pablo Jacob

Um vídeo que circula nas redes sociais com a fala do presidente Jair Bolsonaro, deixou parte da bancada federal e o governador Marcos Rocha de orelha em pé, onde anuncia sua ida citando apenas o senador do Acre, Márcio Bittar.

A programação inicial seria o presidente pousar em Porto Velho e ir de helicóptero até Abunã inaugurar a obra. Mas, rumores dão conta de que ele irá direto a Rio Branco (AC) e de lá vai em comboio até a ponte inaugurar com a presença da bancada federal do Estado do Acre.

O jantar organizado pelo governo rondoniense, sem a bancada federal, poderá não acontecer em virtude dessa situação.

A causa disso, seria o constrangimento que Bolsonaro não gostaria de passar, levando em consideração que próximo a ele tem candidatos a eleição para a sucessão de Marcos Rocha e o próprio governador com seus desafetos. Talvez, seja por isso que a bancada federal não foi convidada para o tal jantar de 15 pessoas, compostas de secretários estaduais.

Mas, tudo isso pode mudar, caso o presidente queira.

Postar um comentário

0 Comentários