Governo quer ‘‘barrar’’ Calheiros na relatoria da CPI da COVID-19; Marcos Rogério, de Rondônia, não jogou a toalha



CNN Brasil diz que preferência do Planalto gira em torno do nome do congressista eleito pelo DEM

Porto Velho, RO – A despeito de uma pré-escolha já possivelmente sacramentada para que Renan Calheiros, do MDB de Alagoas, seja o relator da CPI da COVID-19, o Planalto ainda pretende “brigar” por fora a fim de que outro nome assuma o posto.

De acordo com a CNN Brasil, a preferência do governo de Jair Bolsonaro seria pelo nome de Marcos Rogério, senador eleito pelo DEM de Rondônia.

Na visão governista, Rogério seria um nome “neutro”.

“A articulação política do governo não dá como fato consumado a escolha do senador Renan Calheiros (MDB-AL), como relator da CPI da Covid-19. Embora o alagoano tenha a preferência de ao menos seis dos 11 titulares do colegiado, há um movimento para emplacar o senador Marcos Rogério (DEM-RO) na função.

A definição será feita na primeira reunião do colegiado, o que pode ocorrer a partir da quinta-feira da próxima semana, de acordo com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (MDB-MG)”, diz o texto da reportagem.

CLIQUE AQUI E CONFIRA A ÍNTEGRA


rondoniadinamica

Postar um comentário

0 Comentários