Governo de Rondônia reforça cumprimento de medidas sanitárias durante competições desportivas profissionais



Somente esporte profissional está liberado devido ao maior controle rigoroso do protocolo exigido

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel), se mantém atento ao cumprimento do rigoroso protocolo de medidas sanitárias para a realização de atividades de esportes profissionais, conforme pontuado na nova redação do artigo 22 do Decreto nº 25.859, de 6 de março de 2021, que permite modalidades profissionais, independente da Fase enquadrada, desde que as respectivas Confederações obedeçam às normas, sendo expressamente vedada a presença do público. 

Ao falar sobre a liberação do esporte profissional, o superintendente da Sejucel, Jobson Bandeira, destacou o trabalho do Comitê Interinstitucional de Prevenção, Verificação e Monitoramento dos Impactos da covid-19 que está atuando firme, trabalhando da melhor maneira, visando a tomada de decisões.

O retorno do futebol profissional foi garantido pelo Governo do Estado, seguindo a tendência que já vem ocorrendo em outros estados do país. O superintendente não deixa dúvidas de que a autorização para a retomada das atividades de esporte profissional deverá seguir um intenso protocolo que obriga, entre outras coisas, a desinfecção dos estádios e suas instalações, o uso de máscaras nos vestiários, a disponibilidade de álcool em gel a todos os profissionais e a ausência de público nos estádios.

No caso do futebol profissional, o protocolo foi também repassado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) que, em Rondônia, será cumprido pela Federação de Futebol. Com a liberação garantida pelo decreto governamental, a federação iniciou no último final de semana o Campeonato Rondoniense Série “A”, com a participação de oito equipes profissionais.

Conforme destacado pelo superintendente da Sejucel, a equipe técnica do Governo de Rondônia organizou o protocolo que possibilitou o retorno do esporte profissional a partir da publicação do decreto. “O ato normativo garante o retorno do esporte profissional e devemos reforçar que todas as atividades devem ser mantidas com total segurança e cumprindo as medidas sanitárias”.
COMPETIÇÕES PROFISSIONAIS

Tudo está sendo feito atendendo a um protocolo rigoroso apresentado pela Confederação, para que ocorra uma segurança maior quanto à realização dos jogos, no caso do campeonato profissional. Neste momento, a Sejucel e outros órgãos estão atentos para que seja cobrado o protocolo de combate ao vírus. “Precisa haver responsabilidade. No esporte profissional tem como cobrar das entidades para que possam seguir à risca e possam fazer atividades dentro do exigido”, disse o superintendente enfatizando o motivo de apenas o esporte profissional está liberado no momento.

A Federação de Futebol apresentou um manual com medidas protetivas para as competições deste ano, seguindo rigorosamente as práticas de segurança e assistência para atletas, membros das comissões técnicas, funcionários, colaboradores e demais profissionais envolvidos nas competições. Embora o campeonato rondoniense de futebol profissional esteja liberado, o superintendente da Sejucel reforçou que não pode haver a presença de torcedores. Para os jogadores e comissão técnica é obrigatório, para ter acesso ao estádio, o uso de máscaras (com ou sem face shields).

Via Secom

Postar um comentário

0 Comentários