Deputado Anderson retorna em escola que foi aluno do primário para entregar centrais de ar condicionado para climatizar 100% das salas de aula


Para o diretor Célio Leandro, é uma conquista importante, que vai melhorar o aprendizado, uma vez que a região é muito quente, de calor intenso o que deixava a parte pedagógica prejudicada

O deputado estadual Anderson Pereira (PROS), realizou nesta segunda-feira (19), a entrega oficiais de 40 centrais de ar condicionados, que atenderão 100% das salas de aula da Escola Estadual Major Guapindaia, localizada na região Norte de Porto Velho. 

A escola que atende alunos em período integral, possuía muitas centrais antigas que não davam conta de atender a demanda, correndo risco de gerar incêndio, através de sobrecarga. O barulho dos ventiladores também era algo que atrapalhava muito o ensino, o professor quando tinha que lecionar sua aula, tinha que desligar o ventilador, deixando a sala com um calor insuportável.

“Estou muito feliz em poder ajudar a escola que um dia me recebeu como aluno e construiu muito para meu sucesso profissional. O Major Guapindaia continua contribuindo com o crescimento de outros jovens da nossa Capital”, destacou.

Para o diretor Célio Leandro, é uma conquista importante, que vai melhorar o aprendizado, uma vez que a região é muito quente, de calor intenso o que deixava a parte pedagógica prejudicada. “É muito satisfatório atender pedidos de escolas, seja na capital ou interior, levar os benefícios básicos aos estudantes é uma vitória e satisfação, uma vez que sempre estudei em escolas públicas e senti na pele a falta de investimentos”, pontuou Anderson. 

A Escola Major Guapindaia atende milhares de estudantes de vários bairros da capital, e essas centrais irão melhorar a qualidade do ensino para que os alunos tenham mais concentração nos estudos e os professores possam ministrar suas aulas com mais qualidade em um ambiente totalmente climatizado. “Parabéns alunos, parabéns comunidade, contem sempre com o deputado Anderson”, finalizou Anderson Pereira.

Via assessoria parlamentar

Postar um comentário

0 Comentários