Covid-19: imunização de grupos prioritários deve terminar em setembro


O Ministério da Saúde vai lançar um novo pregão para solucionar o desabastecimento do kit intubação nos hospitais. Esses medicamentos são usados em pacientes com a covid-19 internados em UTIs.

O ministro Marcelo Queiroga afirmou, nesta quarta-feira (21), que o pregão será nacional e internacional, sem fixação de preço.

O governo federal ainda aguarda para a próxima semana a chegada de 1 milhão de medicamentos do kit intubação doados pela empresa Vale. O Ministério da Saúde reforçou que houve aquisição junto à Organização Pan Americana de Saúde (Opas), mas ainda sem previsão de entrega.

O ministro Marcelo Queiroga espera a vacinação de todos os grupos prioritários, pelo Programa Nacional de Imunização, até setembro. 17 milhões de pessoas abaixo de 60 anos com comorbidades devem começar a serem vacinadas em maio.

Marcelo Queiroga também disse que a Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias do Ministério da Saúde ainda vai analisar tecnicamente a incorporação do coquetel de remédios contra covid-19 da farmacêutica Roche, aprovado pela Anvisa.

O Governo Federal ainda negocia com o laboratório Pfizer a compra de novos lotes da vacina contra a covid-19.

Postar um comentário

0 Comentários