Porto Velho: Madeira tem repiquete, mas Defesa Civil do Município descarta enchente



A Defesa Civil Municipal de Porto Velho descartou a possibilidade de enchente este ano, segundo informou ao RONDONIAGORA, o coordenador Edmilson Hobold Machado. Na tarde desta terça-feira (30), o rio registrou a cota de 15,74.

De acordo com o coordenador, essa previsão foi feita levando em conta os dados meteorológicos que a equipe utiliza para observar as mudanças de níveis do rio. “No momento, o rio está passando pelo fenômeno repiquete, que começou há dois dias e provocou o aumento do nível para mais de um metro desde então, mas não há mais possibilidade de enchente esse ano, de acordo com dados meteorológicos fornecidos, através do Sistema de Proteção da Amazônia (SIPAM) e Serviço Geológico do Brasil (CPRM)”, disse Edmilson Hobold Machado.

Ainda de acordo com o coordenador, o repiquete que está acontecendo é natural, mas até o final da semana o nível começará a diminuir, seguindo essa tendência.

No dia 23 de fevereiro deste ano, a Prefeitura de Porto Velho decretou Estado de Alerta no município, após o nível do rio Madeira atingir a cota de alerta de 15 metros, que também é chamado de cota de transbordamento.

Em comparação ao ano passado, o coordenador destacou que a cota registrada na mesma data de hoje, foi de 14,80 metros, em 2020.
A Defesa Civil informou que nenhuma família precisou ser retirada durante monitoramento feito pela Defesa Civil até o momento.

Postar um comentário

0 Comentários